NOTA DE REPÚDIO

A Associação Malgi de Esportes busca junto ao público credibilidade e visibilidade para a modalidade feminina. Sábado (dia 25) o jogo era para isso. Excelente púbico no ginásio, duas grandes equipes de alto nível técnico, atletas de seleção brasileira, transmissão do jogo por emissora de rádio de fora da cidade, enfim, tudo organizado para um grande espetáculo. Apesar de tudo isso, mais uma vez, foi escalada uma dupla de arbitragem sem a menor condição de conduzir uma partida tanto tecnicamente, quanto emocionalmente.

O placar elástico da partida não diz o que foi o jogo: erros em momentos cruciais da partida, decisões equivocadas, expulsões sem critérios. O que ilustra isto é que a equipe que fez 6 faltas no jogo recebeu 4 cartões amarelos e a equipe que fez 15 faltas recebeu apenas 2 mesmo interrompendo 4 contra-ataques perigosos. Além disso, tiveram outros erros clamorosos que influenciaram diretamente na partida.

Enquanto os responsáveis não valorizarem a modalidade feminina nada mudará, pois não adianta as equipes investirem, se estruturarem, os torcedores irem ao ginásio se o jogo depende de um todo e, é claro, isso envolve a arbitragem. Somos parceiros da arbitragem, da renovação necessária, mas, agora, isso que aconteceu sábado passou dos limites. Testes podem ser feitos em outras competições de menor investimento, mas não na principal categoria do Rio Grande do Sul e valendo vaga em competição nacional.

Vamos encaminhar a solicitação para que essa dupla de árbitros não seja mais escalada para jogos da Malgi, pois não é a primeira vez que prejudicam nossa equipe. Ainda, se precisar, buscaremos árbitros de fora da cidade.

A arbitragem precisa lembrar que só apitará competições de alto nível se existirem equipes em Pelotas disputando as maiores competições. Observando atualmente, equipe adulta a nível estadual na região só existe a Malgi.

Apesar do ocorrido, nossa equipe apresentou um excelente futsal mantendo-se no jogo durante todo o primeiro tempo, até começarem os erros da arbitragem.

Nós enfrentamos uma equipe que ficou entre as 5 melhores do país ano passado e vem sendo referência no Rio Grande do Sul há alguns anos. Jogamos de igual para igual, porque estamos na competição em busca de algo maior. Nosso grupo precisa de experiência em jogos desse nível, o trabalho das atletas vem sendo realizado com muita dedicação e colheremos os frutos.

Moacir Jr.
Vice-presidente da Associação Malgi de Esportes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s