MALGI ENTRE AS GRANDES DO PAÍS

Neste final de semana, a Malgi foi a Passo Fundo disputar a Copa Sul-Brasileira, última competição preparatória para o Estadual 2018 que inicia no próximo mês. Com atuações seguras e bom futsal apresentado diante das tradicionais Leoas da Serra e Female, a Malgi se colocou como uma das grandes equipes de futsal feminino no País e terminou a competição na terceira posição.

Estreia difícil
Logo na estreia da Copa Sul-Brasileira, a Malgi sabia que não teria vida fácil na competição, o primeiro adversário era as Leoas da Serra, equipe composta por atletas da Seleção Brasileira, incluindo a melhor do mundo “Amandinha”. O duelo porém, foi parelho, a Malgi conseguiu evitar grande parte das investidas adversárias e impor o seu futsal em alguns momentos da partida. As catarinenses abriram o placar após Thais finalizar jogada de escanteio. Ainda na primeira etapa Jhennif ampliou para as Leoas.

Logo no inicio da segunda etapa, após boa jogada de Larissa, Jaque achou Cota livre na entrada da área e a capitã da Malgi chutou no canto para descontar, 2 a 1. Na sequencia, a goleira Juba das Leoas recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulsa. A Malgi tentou aproveitar a vantagem, mas não conseguiu empatar o placar. Nos minutos finais Jessica Getúlio recebeu livre na entrada da área e tocou na saída de Dani Richter para marcar o terceiro das Leoas e dar números finais a partida, 3 a 1.

Vitória inédita
Sem muito tempo para descansar a Malgi voltou a quadra, apenas seis horas após enfrentar as Leoas, o adversário dessa vez seria o Cometa, equipe que a Malgi ainda não havia conseguido derrotar, nos quatro jogos anteriores em que haviam se enfrentado.

O primeiro tempo da partida mostrou que mais uma vez Malgi e Cometa faria um jogo muito pegado. Com muitas oportunidades de gols as goleiras Cláudia (Cometa) e Lelê (Malgi), foram os destaques da primeira etapa, que terminou sem gols.

No segundo tempo, entretanto a bola gostou de balançar as redes. A equipe de Rodeio Bonito abriu o placar logo aos dois minutos da segunda etapa em contra ataque que terminou no gol de Elaine. Três minutos mais tarde, em cobrança ensaiada de lateral, Larissa contou com um desvio na defesa para deixar tudo igual. Aos 7 minutos, Cota chutou forte no ângulo e virou o placar para Malgi.

Melhor no jogo, as pelotenses seguiram pressionando e chegaram ao terceiro gol dois minutos mais tarde, quando Cota achou Dani livre, e a pivô mandou para o fundo das redes. No minuto seguinte, Laine aproveitou vacilo da defesa da Malgi para marcar o segundo do Cometa e no fim, Larissa recebeu de Evelyn e chutou no canto para definir, Malgi 4 x 2 Cometa. Com a vitória a Malgi garantiu o passaporte para a semifinal e teria um adversário muito difícil pela frente.

Jogo duro na semifinal
Como já era esperado a Malgi teve uma tarefa duríssima na semifinal, a Female, equipe hexacampeã da Taça Brasil e Campeã da Libertadores, as meninas, entretanto mostraram mais uma vez a força do seu futsal e fizeram uma parida duríssima contra as catarinenses.

No primeiro tempo, a Malgi deu uma aula de marcação e evitou que a Female criasse oportunidades de gol, as melhores chances vieram com Nega, pivô que também defende a Seleção Brasileira. Pelo lado da Malgi, Larissa teve a grande oportunidade após finalizar de voleio a esquerda do gol de Gabi Pasinato.

No primeiro lance do segundo tempo, as catarinenses abriram o placar, Nega recebeu no lado esquerdo, girou e soltou uma bomba no canto, sem chances para Lelê. Poucos depois, a pivô da Female marcou um golaço em jogada individual, ela pedalou para cima de Cota e soltou uma bomba no ângulo. A Malgi tentou responder, mas não conseguiu passar pela goleira adversária. No final as catarinenses aproveitaram vacilo da defesa da Malgi para ampliar o placar, 3 a 0. Com a derrota, a Malgi foi para disputa do terceiro lugar diante das catarinenses do Rondofrio, que haviam sido derrotadas pelas Leoas da Serra.

Despedida com goleada
Após fazer uma grande partida e ser derrotada na semifinal, a Malgi queria mostrar que suas atuações na Copa Sul-Brasileira não tinham sido por acaso e foi com tudo na disputa do terceiro lugar. No primeiro tempo, porém, as coisas não saíram como o esperado. Com dois minutos as catarinenses abriram o placar, Sete minutos mais tarde Thais recebeu dentro da área e deixou tudo igual. Pouco depois foi a vez de Dani marcar, a pivô recebeu de Cota e chutou na saída da goleira. A resposta das catarinenses veio em seguida em um belo gol em uma jogada de lateral. A Malgi teve duas oportunidades de terminar o primeiro tempo em vantagem no placar, mas Thais em dois tiros livres parou na goleira adversária.

No segundo tempo, a Malgi voltou diferente, disposta a definir a partida logo no inicio e assim foi. Aos 6 minutos Cota em uma linda cobrança de falta marcou o terceiro, na sequencia ela foi a garçom e deixou Dudinha na boa para marcar o quarto. Com a vantagem no placar, a Malgi seguiu pressionando, mas ia esbarrando na forte marcação adversária, que abusava em fazer faltas, o resultado foi mais três tiros livres, Paola e Karina pararam na goleira adversária e no terceiro Thais finalmente conseguiu marcar, segundo dela no jogo e quinto da Malgi.

Nos minutos finais foi um gol atrás do outro, com 2:26 para o final, Karina recebeu de Paola, e livre só empurrou para as redes. Vinte segundo depois Lelê sofreu falta quando tentava puxar o contra ataque, mais um vez tiro livre, dessa vez foi a goleira mesma quem foi para a bola e de bico marcou seu primeiro gol pela Malgi. As catarinenses vacilaram na saída de bola e Tuigui deixou Karina livre para ampliar, 8 a 2. No último minuto, após boa troca de passes na área, Paola serviu Thais que chutou colocado no canto para definir, Malgi 9×2 Rondofrio.

Campanha da Malgi
4 Jogos
2 Vitórias
2 Derrotas

Primeira Fase
Leoas da Serra 3×1 Malgi
Malgi 4×2 Cometa Rodeio Futsal

Semifinal
Female 3×0 Malgi

Disputa do 3º Lugar
Malgi 9×2 Rondofrio

Artilheiras
Thais – 3 gols
Cota – 3 gols
Larissa – 2 gols
Dani – 2 gols
Karina – 2 gols
Dudinha – 1 gol
Lelê – 1 gol

Fotos: Victor Thompsen

MALGI VENCE JOGOS-TREINO EM CANGUÇU

Na fase final de preparação para estreia oficial na temporada 2018, a Malgi foi a Canguçu nesta segunda-feira para disputar dois jogos-treino contra equipes da região. A equipe deixou a quadra com duas vitórias por goleada e a certeza de que a preparação está no caminho certo.

O primeiro duelo da noite foi disputado contra a equipe do Bico-Fino e a Malgi saiu de quadra com a vitória por 7 a 2, gols de Tuigui (2), Dani, Karina, Paola, Dudinha e Martina (contra).

No começo da partida um susto, a pivô Riti que vestiu a camisa da Malgi na temporada 2016, aproveitou contra ataque e chutou rasteiro para abrir o placar para as donas da casa.

O gol no início da partida não abalou a Malgi que passou a controlar a partida e não demorou para virar a partida. Dani deixou tudo igual e pouco depois serviu Tuigui que marcou o segundo.. Na sequência foi Paola quem balançou as redes adversárias dando números finais ao primeiro tempo 3 a 1.

No inicio da segunda etapa, Dudinha aproveitando passe de Evelyn ampliou o placar. Pouco depois, Tuigui cortou a marcação e chutou forte para marcar o quinto. As donas da casa tentaram duas vezes e pararam na goleira Lelê, mas na terceira a arqueira nada pode fazer no chute forte de Letícia. A Malgi respondeu na sequência,, após boa jogada de Thaís que terminou no gol de Kerolin. No final a Malgi ainda chegou ao sétimo gol, após vacilo de Martina, que completou contra o próprio gol a jogada de Karina.

O segundo desafio da noite foi marcado por duas grandes atuações individuais, a da pivô Karina, que balançou as redes cinco vezes e da ala Dudinha, que jogando em sua cidade fez a alegria dos torcedores ao marcar quatro gols. Dani, Evelyn e Dani Richter completaram a goleada por 12 a 0 sobre as meninas da Borracharia VB.

Diferente da primeira partida da noite, no segundo duelo a Malgi não sofreu sustos e logo na primeira etapa começou a abrir vantagem no placar. Em 14 minutos Karina já havia balançado as redes três vezes e Dani também tinha deixado sua marca.

No segundo tempo, foi Dudinha quem deu seu show particular. Com dois minutos e meio de bola rolando a ala que jogava em casa marcou três gols, ampliando o placar para 7 a 0. Pouco depois foi a vez de Evelyn deixar a sua marca, completando para o gol o passe de Tuigui. Dois minutos mais tarde Karina voltou a aparecer, aproveitando o vacilo da goleira para de calcanhar rolar para o gol vazio.

Com o domínio de jogo e criando as melhores oportunidades, a Malgi passou a utilizar a goleira Dani Richter como goleira linha e foi assim que saiu o nono gol. A arqueira da Malgi viu um espaço livre pelo meio e chutou forte no canto. No fim da partida as duas personagens da partida voltaram a aparecer, Karina e Dudinha, este um golaço de primeira, marcaram e deram números finais 12 a 0.

Agora a Malgi volta às suas atenções para a Copa Sul-Brasileira. Na próxima sexta-feira a equipe viaja a Passo Fundo, onde no sábado enfrenta Leoas da Serra (9h) e Cometa (15h) pela primeira fase da competição.

*Imagens dos jogos-treinos em nosso Instagram

PRIMEIRO DESAFIO DA TEMPORADA

O primeiro desafio da Malgi na temporada 2018 já tem data para acontecer, será nos dias 14 e 15 de abril, quando vamos a Passo Fundo encarar algumas das melhores equipes do País, incluindo as catarinense Female, Campeã da Libertadores, hexacampeã da Taça Brasil e Leoas da Serra, que conta com diversas jogadoras da Seleção Brasileira, incluindo a atual melhor jogadora do mundo, Amandinha.

Composta por seis equipes, a Copa Sul Brasileira de Futsal Feminino 2018, contará além da Malgi, com a participação das gaúchas, Cometa Rodeio Futsal e Liverpool e das Catarinenses Leoas da Serra, Female e Rondofrio.

A competição será disputada da seguinte maneira, às 6 equipes serão divididas em duas chaves de 3 equipes definidas por sorteio, com duas equipes cabeça de chave (Leoas da Serra e Female). As equipes enfrentam-se entre sí dentro da chave e as duas melhores classificados de cada chave avançam as semifinais. O 1º colocado da chave A, enfrenta o 2º Colocado da Chave B e o 1º Colocado da Chave B, enfrenta o 2º colocado da Chave A. Os dois vencedores disputam a final.

A Copa Sul Brasileira de Futsal Feminino 2018, será realizada entre os dias 14 e 15 de abril, em Passo Fundo, no Ginásio do Capingui.

APRESENTAÇÃO ELENCO 2018

Na tarde desta sexta-feira, a Associação Malgi de Esportes apresentou o elenco que vai representar a equipe na temporada 2018. Com onze atletas remanescentes da temporada passada, 16 atletas que iniciam os trabalhos nesta semana foram apresentadas para a imprensa e para comunidade pelotense que esteve presente no ginásio do Profut Esportes Indoor.

Permanecem na equipe a goleira Lele, as fixas Keka e Tuigui, as alas Evelyn, Larissa, Paola, Bruna e Dudinha e as pivôs Dani, Marília e Thais.

No evento também foi apresentado o novo plano de sócios, que busca aproximar ainda mais o associado da Malgi e o plano para investidores, que alem de ajudar um projeto vencedor, terá uma participação social importante.

A equipe segue trabalhando para anunciar mais reforços antes do inicio do Estadual, ainda sem data para iniciar.

Confira o grupo da Malgi para 2018:

  • Goleiras: Lele e Richter;
  • Fixas: Keka e Tuigui;
  • Alas: Bruna, Dudinha, Evelyn, Iara, Jaque, Larissa e Paola;
  • Pivôs: Cota, Dani, Karina, Marília e Thais.

PONTAPÉ INICIAL PARA TEMPORADA 2018

A temporada 2018 inicia oficialmente para a Malgi nesta semana. Na sexta-feira, a equipe pelotense apresenta de forma oficial o elenco para temporada 2018.

A Associação Malgi de Esportes convida para o coquetel de apresentação de seu elenco adulto, que será realizado na sexta-feira (23), no Ginásio do Profut Esportes Indoor, que é a nova casa da Malgi a partir desta temporada.

Durante o evento serão apresentados os novos patrocinadores, o novo plano de sócios, plano para novos apoiadores, renovações e contrações do elenco para temporada 2018, alem das competições a serem disputadas pela equipe nesta temporada.

O coquetel está marcado para às 17h30min, e a apresentação oficial do elenco, a partir das 18 horas.

 

A MALGI ESTÁ DE CASA NOVA

A Malgi está de casa nova, a partir desta temporada a equipe passa a realizar suas atividades no Profut Esportes Indoor. No último sábado (3), foi realizado um evento de confraternização com pais e alunos da escolinha da Malgi, para apresentar o novo local de treinamentos.

Cerca de 100 pessoas participaram do evento, onde os pais puderam conhecer um pouco mais do Profut Esportes Indoor e de como funciona a parceria com a Malgi e um pouco mais da história da Malgi, das competições a serem disputadas nesta temporada. O acordo prevê que os treinos das escolinhas e do grupo principal da Malgi ocorram no ginásio do Profut.

MALGI CONQUISTA COMPETIÇÃO ESTADUAL

O ano de 2018 não poderia ter começado melhor para a Malgi, neste sábado a equipe Pelotense sagrou-se campeã invicta do Jirgs (Jogos Intermunicipais do Rio Grande do Sul) no início das atividades da temporada 2018.

Com uma campanha irretocável, as meninas venceram os quatro jogos que fizeram na competição, balançaram as redes em 15 oportunidades e sofreram apenas um gol. Tendo como grande destaque a pivô Cota autora de cinco gols e quatro assistências na competição e autora do gol da grande decisão.

Primeira fase sem sustos
A primeira fase da competição começou para a Malgi diante da representante de Canoas. Jogando um grande futsal, a Malgi não deu chances para adversárias aplicando logo um 7 a 0 na estreia. Jaque abriu o placar, Eveyn e Dudinha, das vezes cada ampliaram o placar e Larissa e Katha, na segunda etapa deram números finais ao duelo.

O segundo duelo do dia seria diante da forte equipe de Passo fundo e como esperado, a partida foi muito disputada. Tendo como grande destaque a pivô Cota que alem de empatar a partida no primeiro tempo, balançou as redes mais duas vezes no confronto. No final Jaque fez linda jogada individual, passou por duas adversárias e com um leve toque cavou a goleira, definindo a vitória de virada por 4 a 1 e garantindo a Malgi em primeiro lugar da chave A.

Semifinal sem sustos
Com a classificação na primeira posição, a Malgi enfrentaria na semifinal a equipe de Nova Santa Rita, que havia terminado a primeira fase na segunda colocação do chave B. Visivelmente inferiores tecnicamente, as visitantes não assustaram a goleira Lele e a Malgi não demorou para definir o resultado da partida. Logo no inicio, Dudinha fez grande jogada pela direita e chutou cruzado, Tuigui se jogou e mandou a bola para as redes. Pouco tempo depois, Cota recuperou bola na quadra de ataque, driblou a goleira e ampliou o placar. No segundo tempo, Tuigui mais uma vez apareceu, dessa vez para completa passe de Cota e dar números finais a partida, 3 a 0.

Final disputada
Após passar sem sustos pela semifinal, a Malgi reencontraria na decisão a equipe de Passo Fundo, adversária da primeira fase. Como já era de se esperar, a partida foi muito disputada e marcada pela forte marcação da equipe de Passo Fundo, em alguns momentos até com entradas ríspidas.

No fim, assim como no duelo da primeira fase brilhou a estrela de Cota que completou passes cruzado de Larissa para marcar o gol que garantiu o título inédito do Jirgs para a equipe pelotense.

Artilheiras da Malgi:
Cota – 5 Gols
Jaque – 2 Gols
Dudinha – 2 Gols
Evelyn – 2 Gols
Tuigui – 2 Gols

Líderes de Assistências
Cota – 4
Dudinha – 3
Larissa – 1
Marília – 1
Tuigui – 1

Campanha
4 Jogos
4 Vitórias
15 Gols Marcados
1 Gol Sofrido

Primeira Fase
Malgi 7×0 Canoas
Malgi 4×1 Passo Fundo

Semifinal
Malgi 3×0 Nova Santa Rita

Final
Malgi 1×0 Passo Fundo

MALGI REPRESENTA PELOTAS NO JIRGS

Neste final de semana a Malgi inicia a disputa do Jirgs (Jogos Intermunicipais do Rio Grande do Sul). Atual tricampeã dos JAP (Jogos Abertos de Pelotas), a Malgi será a representante pelotense na competição que terá mais cinco municípios participantes e será disputada no Ginásio do Sest SENAT, em Pelotas.

Na chave A da competição, a Malgi terá como adversários as representantes de Canoas e Passo Fundo, enquanto o grupo B é formado por Lavras do Sul, Antônio Prado e Itaqui.

A estreia da equipe pelotense no Jirgs acontece neste sábado (27) às 9 horas da manhã diante de Canoas. Os dois melhores colocados de cada chave avançam as semifinais, o 1º colocado da chave A enfrenta o segundo da B e o primeiro colocado da Chave B, enfrenta o segundo da Chave A.

Para a competição o técnico Maurício Giusti não poderá contar com a capitã Keka, artilheira da equipe na temporada passada com 20 gols, a capitã passou por um procedimento cirúrgico no inicio do mês para corrigir uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, a fixa deve ficar longe das quadra por até oito meses. Alem dela, a ala Paola também não está a disposição, ela também está em fase de recuperação, por conta de uma lesão nas costas. Por outro lado, contará co o retorno da pivô Dani, que não atuou na temporada passada por conta de uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito.

KEKA PASSA POR PROCEDIMENTO CIRÚRGICO

Melhor fixa do Estadual 2017 e capitã da Malgi, a atleta Keka passou por um procedimento cirúrgico na sexta-feira (5) para corrigir uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, lesão sofrida ainda na primeira partida das quartas de final do Estadual do ano passado.

Realizado pelo doutor José Raymundo, o procedimento cirúrgico foi considerado um sucesso e a capitã já está na fase de recuperação. A previsão é que Keka fique longe das quadras de seis a oito meses, perdendo assim o primeiro semestre da temporada.

Agora a Malgi busca ajuda da comunidade pelotense para bancar os custos do procedimento cirúrgico. Para custear os gastos no procedimento a Malgi criou uma vaquinha virtual. Que pode ser acessada através de www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-no-tratamento-da-keka

Mesmo com a lesão sofrida em 2017, Keka terminou a temporada como a artilheira da Malgi. Foram 20 gols e 14 assistências em 27 jogos, números que a credenciaram a ser eleita a melhor fixa do Estadual.

KEKA É ELEITA MELHOR FIXA DO ESTADUAL 2017

Artilheira e líder de assistências da Malgi, a fixa Keka foi eleita neste domingo a melhor jogadora da posição no Estadual 2017. Autora de 16 gols e 7 assistências na competição, a fixa de 20 anos venceu a concorrência com campeã Estadual e craque da competição Dani Sousa (Celemaster) e de mais três adversárias, tendo 63% dos votos. Keka ainda concorria ao prêmio de craque do campeonato, vencido pela também fixa Dani Sousa, campeã Estadual pela Celemaster Uruguaianense.

“Para mim foi meio que inesperado, por que se for olhar os nomes que estavam concorrendo comigo eu pensei que não seria a escolhida, mas fiquei muito feliz. Embora o nosso objetivo que era o título não tenha sido alcançado, esse prêmio mostra que nosso trabalho vem sendo bem feito”, comentou a fixa e capitã da Malgi.

Alem das indicações de Keka, a Malgi ainda concorria a mais sete prêmios, melhor goleira e revelação, com Gleiskelly (Lele), melhor ala com Dudinha e Paola, melhor pivô com Thais, melhor técnico com Maurício Giusti e melhor comissão técnica.

Confira os vencedores de cada categoria:

Melhor Goleira
Lais (Celemaster)
Lele (Malgi)
Lídia (Cometa Rodeio Futsal)
Claudia (Cometa Rodeio Futsal)
Nathalia (AMF)
Renata (ACBF)
Bruna (ACBF)

Melhor Fixa
Dani Sousa (Celemaster)
Keka (Malgi)
Mayara (ACBF)
Dani Fleitas (Celemaster)
Laine (Cometa Rodeio Futsal)

Melhor Ala
Pati (ACBF)
Marcella (ACBF)
Jaque (Celemaster)
Mariane (Cometa Rodeio Futsal)
Dudinha (Malgi)
Gabriela (Celemaster)
Carla Dalla Cort (Cometa Rodeio Futsal)
Paola (Malgi)

Melhor Pivô
Becha (Celemaster)
Patrícia (ACBF)
Elaine (Cometa Rodeio Futsal)
Thais (Malgi)
Cota (ACBF)

Revelação
Carla (Cometa Rodeio Futsal)
Lele (Malgi)
Jaque (Celemaster)
Patrícia (ACBF)
Nathalia (AMF)

Craque
Gabi (ACBF)
Dani Sousa (Celemaster)
Keka (Malgi)
Elaine (Cometa Rodeio Futsal)

Melhor Técnico
Jeferson (Cometa Rodeio Futsal)
André Malfussi (Celemaster)
Henrique (ACBF)
Maurício Giusti (Malgi)

Melhor Comissão Técnica
Celemaster
ACBF
Malgi
Cometa Rodeio Futsal

#SejaSócio #JogueJunto