LIGA GAÚCHA: DEFINIDAS DATAS DA SEGUNDA FASE

A Liga Gaúcha confirmou na terça-feira as datas e horários dos jogos da segunda fase da competição. Segunda colocada na primeira fase, a Malgi/CAVG fará a estreia no triangular diante do seu torcedor, contra o Guarani que foi o terceiro colocado da primeira fase.

A segunda fase da Liga Gaúcha está dividida em dois triangulares. A Chave A, composta por Celemaster (1ª colocada), ACBF (3ª Colocada) e AATF (6ª Colocado) e a Chave B, que é a chave da Malgi/CAVG. Composta por Malgi (2ª Colocada), Guarani (3º Colocado) e Comando SP (5º Colocado). Nesta fase as equipes se enfrentam dentro da chave em jogos de ida e volta, onde os dois primeiros de cada chave avançam as semifinais.

Dona da segunda melhor campanha da primeira fase, a Malgi/CAVG fará sua estreia, em casa. No dia 3 de agosto, as meninas recebem o Guarani no Ginásio do Sesi. No final de semana seguinte folgam e voltam a quadra no dia 16 de agosto, quando vão a Caxias do Sul enfrentar o Comando São Paulo. As meninas abrem o segundo turno do triangular em Frederico Westphalen contra o Guarani no dia 24/8. Folgam no final de semana seguinte e encerram a participação no triangular recebendo o Comando São Paulo no dia 7 de setembro no ginásio do Sesi.

As duas melhores equipes de cada chave avançam para as semifinais, que vão ser disputadas em jogos de ida e volta, nos dias 28 e 29 de setembro (ida) e 5 e 6 de outubro (volta). Os vencedores dos duelos avançam pra grande final que também será disputada em jogos de ida e volta, previstos para ocorrer nos dias 12 e 13 de outubro e 19 e 20 de novembro.

Confira a tabela de jogos da Malgi na segunda fase:
1ª Rodada – Malgi/CAVG x Guarani | 03/08, 20h (Ginásio do Sesi/Pelotas)
2ª Rodada – Folga
3ª Rodada – Comando SP x Malgi/CAVG | 18/08, 15h (Ginásio Arena/Caxias do Sul)
4ª Rodada – Guarani x Malgi/CAVG | 24/08, 20h (Ginásio Itapagé/Frederico Westphalen)
5ª Rodada – Folga
6ª Rodada – Malgi/CAVG x Comando SP | 07/09, 20h (Ginásio do Sesi/Pelotas)
TABELA COMPLETA

QUE VENHA A SEGUNDA FASE

A Malgi/CAVG venceu mais uma pela Liga Gaúcha Feminina. Jogando em Cruz Alta as meninas golearam a AATF por 5 a 0 e garantiram a vice-liderança da competição Estadual.

Já classificadas para a segunda fase, Malgi e AATF foram a quadra apenas para decidir suas posições na tabela. A Malgi já garantida na segunda posição, após o empate entre Guarani e ACBF no sábado, foi para cima das donas de casa no primeiro tempo,  buscando melhorar sua campanha.

Vantagem no início
Logo na saída de bola Keka lançou para área e Paola por pouco não abriu o placar. Pouco depois Cota cobrou escanteio na área e a defesa afastou para trás, a bola passou raspando a trave. Na sequência Paola finalizou da entrada da área, a bola desviou na defesa e saiu.

A pressão inicial deu resultado aos 2 minutos, Keka avançou pela ala direita e finalizou cruzado, Evelyn dominou, girou e abriu o placar. No lance seguinte a ala quase ampliou, Evelyn recuperou bola na quadra de ataque e na saída da goleira finalizou para fora.

Aos 4 minutos a ala apareceu mais uma vez, desta vez para ampliar oplacar. Em contataque rápido Evelyn serviu Cota que ajeitou e devolveu para ala marcar o segundo.

Hat-trick de Evelyn
A pressão da Malgi seguia intensa. Keka após tabela com Paola e finaliza para defesa da goleira. Se com Cota e Keka a bola não queria entrar, com Evelyn ela era certeira. Aos 15 minutos Larissa achou Evelyn na entrada da área, a ala finalizou no canto, a bola pegou na trave e entrou. Hat-trick da ala, que negou a 10 gols na Liga Gaúcha.

Antes da primeira etapa terminar, por pouco a Malgi não chegou ao quarto em um lindo lance. Cota tabelou com Paola e da linha de fundo rolou de volta para a ala na área livre finalizar por cima.

Vantagem ampliada
O segundo tempo seguiu da mesma maneira, com a Malgi em cima em busca de mais gols. E ele veio com oito minutos. Em contra ataque Dudinha achou Kerolin no meio e a ala serviu Cota que mandou no canto, marcando seu 13º na competição.

No minuto seguinte, Dani matou a bola no peito dentro da área da Malgi e a arbitragem marcou pênalti para a AATF. Na cobrança Lelê fez grande defesa e no rebote fez mais duas defesas para evitar o primeiro dasdonas da casa. Foi o segundo pênalti defendido pela goleira na competição.

O lance animou a Malgi que três minutos depois chegou ao quinto. Cota recuperou bola na quadra de ataque, saiu na cara da goleira e rolou para Keka, livre, mandar para o fundo do gol, foi o nono da fixa na competição e oitava assistência de Cota. No final, a Malgi ainda teve a chance de ampliar. Marília lançou Cota que finalizou por cima.

Com a vitória a Malgi encerra a primeira fase na segunda colocação e agora vai encarar Guarani e Comando SP no triangular da próxima fase, em jogos de ida e volta. O outro triangular será disputado por Celemaster, ACBF e AATF. Os jogos devem começar a ser disputados em agosto.

PRÉ-JOGO: MALGI/CAVG X AATF

Após folgar no final de semana passado, a Malgi/CAVG volta a quadra neste domingo pela Liga Gaúcha. As meninas vão até Cruz Alta encarar a AATF, na última rodada da primeira fase.

Com 15 pontos em seis jogos, a Malgi Já está classificada para a segunda fase da competição Estadual, mas busca uma vitória para garantir a segunda colocação na classificação e ter vantagem na próxima fase da competição.

O duelo deste domingo será o primeiro na história entre Malgi e AATF, mas o quarto da equipe Pelotense fora de casa nesta temporada. Até o momento a equipe tem 100% de aproveitamento e trás no currículo a vitória sobre a ACBF, em Carlos Barbosa na última rodada. Com gols de Cota (2), Evelyn e Dudinha, a Malgi derrotou a ACBF por 4 a 2 e manteve a vice-liderança.

Malgi/CAVG e AATF se enfrentam neste domingo (14), a partir das 15 horas no ginásio Municipal de Cruz Alta.

ARBITRAGEM MALGI

Árbitro Principal: Aladar Moreira Junior;
Árbitro Auxiliar: Jeferson Cesar Andrade;
Anotador: Juliano de Meira Gois da Silva;
Cronometrista: Joelema da Silva David .

ABRE ASPAS

Maurício Giusti: “Vamos para Cruz Alta com o objetivo de conquistar um resultado positivo. Resultado esse que nos mantém na segunda colocação e nos dá uma vantagem na próxima fase.’

Paola: “A gente vai para o último jogo da primeira fase da Liga, contra equipe de Cruz Alta, fora de casa. Conhecemos o ginásio, sabemos que a quadra é pequena e trabalhamos a semana inteira em cima disso. Vamos em busca de um resultado positivo no placar para nos mantermos na parte de cima da tabela.”

ULTIMA PARTIDA

29 de junho de 2019, sexta rodada Liga Gaúcha 2019, no Centro Municipal Sérgio Luiz Guerra, em Carlos Barbosa: ACBF 2×4 Malgi/CAVG.

ELENCO 2019

Goleiras: Lelê e Dani Richter;
Fixas: Keka e Bruna Sassone;
Alas: Dudinha, Evelyn, Kerolin, Larissa, Manu, Paola e Renata;
Pivôs: Dani, Cota e Marília.

 

VITÓRIA NA TERRA DO FUTSAL

A Malgi/CAVG conquistou mais um resultado expressivo neste final de semana. No sábado, as meninas foram a Carlos Barbosa e derrotaram a ACBF pela sexta rodada da Liga Gaúcha. A vitória foi a primeira das Pelotenses na terra do futsal e a terceira em cinco confrontos com a laranja mecânica.

O resultado mantem as pelotenses na parte de cima da tabela e mantem a invencibilidade fora de casa na temporada. Agora são três vitórias em três jogos como visitante, 15 gols marcados e apenas 3 sofridos.

Igualdade 
Empatadas em pontos na competição, Malgi e ACBF foram a quadra dispostas a conquistar os três pontos e se isolar na segunda posição da Liga Gaúcha. A igualdade na classificação, também se apresentou no primeiro tempo. Nos primeiros minutos foi marcado por muito estudo entre as equipes, ninguém arriscava muito e a primeira chance de gol foi ocorrer apenas quando o relógio já marcava mais de dois minutos de partida. Keka, que viria a ser um dos destaques da partida, arriscou de longe e acertou a trave.

O lance animou a Malgi, que aos poucos foi conseguindo impor o seu futsal e não demorou para que o placar fosse aberto.  Retornando ao ginásio onde brilhou por duas temporadas quando defendeu a ACBF, Cota abriu o caminho para vitória da Malgi. Aos 3 minutos, Larissa cobrou escanteio para Cota, a pivô dominou e de perna esquerda finalizou no alto, a goleira tentou espalmar, mas a bola acabou entrando.

A resposta das donas da casa foi imediata. Na jogada seguinte ao gol, a ACBF quase empatou. Lelê errou a saída de bola e a bola caiu no pé da jogadora da ACBF que avançou e finalizou na saída do goleiro, que em grande recuperação fez grande defesa. Na segunda oportunidade, as donas de casa conseguiram o empate. Após novo erro na saída de bola da Malgi. Achley recuperou a bola e finalizou forte para deixar tudo igual no placar.

Os gols colocaram fogo no jogo, mas a forte marcação seguiu prevalecendo. Não foram muitas oportunidades claras, após os gols no inicio. As melhores chances foram criadas pela Malgi, mas tanto Larissa, como Keka e Cota finalizaram para fora. A oportunidade mais clara veio com Evelyn, que completou de carrinho o passe de Keka, a goleira fez grande defesa.

Domínio e gols
Se no primeiro tempo a bola não estava disposta a balançar as redes, na segunda etapa ela resolver aparecer. Logo no início a Malgi foi para cima e Keka começou a aparecer. Foram duas oportunidades de gol da fixa apenas no primeiro minuto. Na primeira oportunidade a fixa chutou rasteiro para defesa da goleira e na sequência finalizou da entrada da área para fora. A pressão inicial deu resultado minutos mais tarde. Após erro na saída de bola da ACBF, as donas de casa cobraram lateral nos pés de Evelyn. Com tranquilidade, a ala dominou e finalizou de bico para desempatar a partida, foi sétimo gol de Evelyn na competição.

Dominando a partida, a Malgi seguiu pressionando as donas da casa e um minuto após o gol de Evelyn, as Pelotenses voltaram a balançar as redes. Novamente em cobrança de lateral, desta vez da Malgi. Cota achou Dudinha livre na segunda trave, e ala desviou de primeira para marcar o terceiro da Malgi, o primeiro gol dela na temporada.

Pouco depois, Keka quase ampliou. A fixa achou Dudinha na ala direita, pediu no meio e  chegou finalizando de primeira para fora. No lance seguinte a fixa quase marcou um golaço, Dani cobrou lateral por elevação para Keka que finalizou de primeira, a bola explodiu na trave e saiu.

Destaque da segunda etapa, Keka apareceu novamente. A fixa tabelou com Cota e recebeu belo passe em profundidade, na saída da goleira tocou por cobertura, a arqueira defendeu com o braço fora da área, mas nada foi marcado. Keka ainda teve mais uma oportunidade de marcar quando faltavam pouco mais de 3 minutos. Já com a goleira linha a ACBF errou na saída de bola e a fixa se jogou de carrinho para interceptar o passe. Com o gol vazio, a bola caprichosamente foi para fora.

Lei do ex
Precisando buscar o resultado as donas da casa passaram a utilizar a goleira linha nos minutos finais e conseguiram diminuir. Na primeira tentativa após chute cruzado, Larissa de ombro tirou em cima da linha. Na segunda, após recuperar bola na quadra de ataque Achley finalizou rasteiro e acertou a trave, no rebote Gisele, livre marcou o segundo.

No fim, a ACBF veio para cima em busca do empate, mas a lei do ex se fez presente novamente e Cota decretou a vitória da Malgi. Com 34 segundos para o final da partida, a pivô aproveitou falha da ACBF ao utilizar a goleira linha e da quadra de defesa mandou de bico para marcar quarto da Malgi. Foi o 12º gol da fixa em seis jogos na competição.

Com o resultado, a Malgi se mantém na segunda posição da Liga Gaúcha com 15 pontos, um a menos que a líder Celemaster. No próximo final de semana as meninas folgam e voltam a quadra apenas no dia 14 de julho, quando vão a Cruz Alta enfrentar a AATF.

PRÉ-JOGO: MALGI/CAVG X ACBF

Após conquistar o pentacampeonato dos Jogos Abertos de Pelotas na última quarta-feira, a Malgi/CAVG volta às suas atenções para disputa da Liga Gaúcha. Na segunda posição da competição, as meninas vão a Carlos Barbosa neste final de semana, encarar a ACBF em confronto direto pela parte de cima da tabela.

Separadas na classificação apenas pelos critérios de desempate, Malgi e ACBF voltam a se enfrentar após dois anos. O último embate entre as equipes ocorreu no Campeonato Estadual de 2017, quando atuando em Pelotas, a Malgi venceu a ACBF de virada por 2 a 1. Giu abriu o placar para as visitantes, mas Thais em cobrança de tiro livre e Evelyn em bela jogada individual viraram a partida.

A partida deste sábado também marcará o reencontro da pivô Cota com a ACBF. Vicecampeã Estadual pela equipe de Carlos Barbosa em 2014 e 2017, a pivô volta a capital do futsal após dois anos defendendo a Malgi. “Poder voltar em Carlos Barbosa depois de defender por dois anos a camisa da ACBF me deixa feliz, pelo fato de a equipe feminina ter sido reativada depois de um ano de ausência.  Além do fato de poder ver algumas pessoas especiais para mim dos tempos que joguei lá. Vai ser um grande jogo e eu estou muito feliz nesses dois anos de Malgi. Poder voltar a capital do futsal vestindo essa camisa me motiva muito, iremos lutar até o fim para trazer esses três pontos para Pelotas”, afirmou a capitã;

A curiosidade do confronto é que nenhuma das equipes conseguiu vencer fora de casa. São quatro partidas na história entre as equipes, a Malgi venceu as duas partidas realizadas  em Pelotas e a ACBF os dois confrontos disputados em Carlos Barbosa. Neste sábado, as Pelotenses tentarão quebrar este tabu.

ARBITRAGEM MALGI

Árbitro Principal: Fernando Vagner Schmengler;
Árbitro Auxiliar: Claudinei Sturmer;
Anotador: Jaqueson Roque França;
Cronometrista: Marcelo Werkhausen.

ABRE ASPAS

Maurício Giusti: “Vamos para mais um jogo muito difícil, contra um adversário muito complicado, que sempre proporcionou grandes jogos contra nós. Estamos tranquilos e focados para conseguir fazer uma grande partida fora de casa. Tenho certeza que será um grande jogo, decidido nos detalhes, como sempre foi nosso embates contra elas.”

Dani: “O título dos Jogos Abertos de Pelotas foi muito importante por ter sido o nosso primeiro título da temporada e foi importante por que conseguimos manter um alto nível durante a competição. A conquista nos dá uma confiança maior para disputa da Liga Gaúcha, por que mostra que o nosso grupo é forte e qualificado. É uma partida difícil, e muito importante para nos mantermos na parte de cima da tabela.”

ULTIMA PARTIDA

06 de agosto de 2017, décima segunda rodada Estadual, no ginásio do Paulista FC, em Pelotas: Malgi/CAVG 2×1 ACBF

RETROSPECTO MALGI2

04 Jogos:
– 2 Vitórias da Malgi/CAVG (07 gols)
– 2 Vitórias da ACBF (08 gols)
– 0 Empates

ELENCO 2019

Goleiras: Lelê e Dani Richter;
Fixas: Keka e Bruna Sassone;
Alas: Dudinha, Evelyn, Kerolin, Larissa, Manu, Paola e Renata;
Pivôs: Dani, Cota e Marília.

PENTACAMPEÃO!

A Malgi/CAVG fez história nesta quarta-feira e conquistou o pentacampeonato seguido dos Jogos Abertos de Pelotas. Atuando no ginásio municipal, as meninas venceram a UFPel/Paulista por 4 a 0 e garantiram o título antecipado ao conquistar o segundo turno do JAP, elas já haviam conquistado o primeiro turno.

Domínio da partida
Mesmo precisando de apenas um empate para sagrar-se pentacampeã do JAP, a Malgi/CAVG não mudou a sua maneira de jogar e pressionou as adversárias desde os primeiros minutos.

As melhores oportunidades da primeira etapa passaram pelos pés de Keka, que viria a ser a melhor da partida. As duas primeiras finalizações da fixa pararam na goleira, a terceira foi para fora.

Se Keka não estava conseguindo colocar a bola na rede, ela optou por servir as companheiras e após cobrança de escanteio a fixa rolou para Larissa que em um lindo chute mandou no ângulo, marcando seu 10º gol na competição.

Pouco depois, Paola quase marcou um golaço. A ala deu uma caneta em Thais e finalizou para defesa de Gabi. O lance plástico animou as meninas e Keka, que vinha pecando na finalização, calibrou o pé e marcou o segundo. A fixa recebeu passe de Evelyn no meio e finalizou forte no canto.

No último lance do primeiro tempo, Evelyn por pouco não marcou um gol antológico. A ala recebeu passe de Keka e desviou de letra, a goleira tocou na bola, que acabou acertando a trave e ficando nas mãos da goleira.

Consagração
Com a vitória por 2 a 0 e podendo empatar a partida, a Malgi teve na segunda etapa apenas a consagração do título e Keka, a de craque da partida.

Logo no início a fixa aproveitou rebote da goleira no chute de Larissa e marcou o terceiro. Pouco depois, quase marcou um golaço. Após cobrança de escanteio na área, a bola sobrou para Keka que puxou para trás e cavou a goleira, a bola caprichosamente passou raspando a trave.

A pressão da Malgi deu resultado minutos mais tarde. Cota recuperou bola no meio da quadra, avançou e serviu Evelyn que chutou rasteiro para marcar o quarto. No lance seguinte, a ala só não marcou mais um por que o travessão impediu.

A trave estava disposta a impedir a Malgi de ampliar o placar e no último lance de jogo ela apareceu novamente. Cota fez bem o pivô no meio e rolou para trás, Keka finalizou de bico e a bola explodiu na trave, definindo o placar, Malgi 4 a 0.

Com o resultado a Malgi/CAVG chegou ao quinto título seguido na competição e alcançou 28 jogos de invencibilidade no torneio. A goleira Lelê, a fixa Keka, a ala Larissa e o técnico Maurício Giusti ainda foram escolhidos para compor a seleção do campeonato.

Agora as meninas voltam suas atenções para disputa da Liga Gaúcha. No sábado, a Malgi viaja a Carlos Barbosa para enfrentar a ACBF pela sexta rodada.

Campanha:
Jogos: 6
Vitórias: 6
Empates: 0
Derrotas: 0
Gols Marcados: 42
Gol Sofridos: 2
Saldo: 40
Aproveitamento: 100%

Primeiro Turno
Malgi/CAVG 6×0 Garra Feminina
Malgi/CAVG 13×0 IFSul-Campus Pelotas
Malgi/CAVG 7×1 UFPel/Paulista

Segundo Turno
Malgi/CAVG 9×0 IFSul-Campus Pelotas
Malgi/CAVG 3×1 Garra Feminina
Malgi/CAVG 4×0 UFPel/Paulista

Artilheiras:
Larissa – 10 Gols
Keka – 6 Gols
Evelyn – 5 Gols
Bruna Sassone – 4 Gols

Líderes de Assistências:
Keka – 5
Paola – 4
Larissa – 4
Manu – 4

Seleção do campeonato:
Goleira:
Lelê (Malgi/CAVG)

Fixa:
Keka (Malgi/CAVG)
Alas:

Thais (UFPel/Paulista)
Larissa (Malgi/CAVG)
Pivô:

Kauelle (Garra Feminina)
Técnico:
Maurício Giusti (Malgi/CAVG)

Grupo Campeão:
Goleiras
Dani Richter
Lelê
Nataly

Fixas
Keka
Bruna Sassone

Alas
Evelyn
Kerolin
Larissa
Paola
Dudinha
Manu

Pivôs
Cota
Dani
Marília
Eduarda (Black)

VALE O TÍTULO

A Malgi/CAVG pode fazer história nesta quarta-feira. As comandadas de Maurício Giusti entram em quadra logo mais, precisando de apenas um empate para conquistar o pentacampeonato seguido dos Jogos Abertos de Pelotas. O adversário desta noite será a UFPel/Paulista, equipe que a Malgi derrotou no primeiro turno por 7 a 1.

Em busca do pentacampeonato seguido do JAP, a Malgi busca também manter uma invencibilidade de quatro anos na competição. São 27 jogos sem perder nos Jogos Abertos de Pelotas e 100% de aproveitamento na edição atual do certame.

Com 9 gols e 4 assistências na competição, a ala Larissa é o principal destaque da Malgi no JAP. A ala foi o destaque do último encontro entre Malgi/CAVG e UFPel/Paulista. Autora de um Hat-trick na vitória por 7 a 1 no primeiro turno, Larissa foi eleita pelos organizadores, a melhor em quadra e é presença confirmada na partida de logo mais.

Para conquistar o título antecipado do JAP, a Malgi precisa de apenas um empate diante da UFPel/Paulista. Em caso de derrota, as equipes voltariam a se enfrentar na decisão da competição.

Malgi/CAVG e UFPel/Paulista se enfrentam às 21 horas no ginásio Municipal e a entrada para a partida é franca.

PRIMEIRO REVÉS

A Malgi/CAVG sofreu seu primeiro revés na temporada na noite deste sábado.  Jogando diante de seu torcedor, as meninas fizeram um grande jogo contra a Celemaster, digno das atuais melhores equipes do Estado. Uma partida com todos os ingredientes que um clássico tem que ter, gols, muita disputa e claro, polêmica.

O primeiro tempo mostrou duas equipes que estavam dispostas a buscar o resultado. Com muita intensidade e bastante marcação, a primeira etapa teve chances para os dois lados. Logo o começo Keka arriscou de longe e acertou a trave. No lance seguinte Becha puxou contra ataque, driblou Lelê, mas finalizou para fora. Pouco depois as visitantes chegaram com perigo novamente. Ana Clara finalizou rasteiro para fora.

O lance de perigo fez a Malgi crescer na partida e em duas oportunidades quase o placar foi aberto. Na primeira Cota recebeu de Evelyn e da entrada da área mandou para fora. No lance seguinte. Dani finalizou para defesa de Natália.

Expulsão e gols
Aos 9 minutos Larissa e Juliana se desentenderam na lateral de quadra e receberam cartão amarelo. Na jogada seguinte, Juliana tentou chutar Larissa sem bola, recebeu o segundo amarelo e foi expulsa.

Com uma jogadora a mais em quadra a Malgi foi pra cima. Cota lançou Evelyn que de carrinho dividiu com a goleira. Na segunda tentativa a ala não desperdiçou, Larissa recebeu na direita e tocou para Evelyn livre dentro da área mandar para a rede.

Imparável, Evelyn quase marcou o segundo, a ala deu uma caneta em Gabriela e de bico finalizou no canto, a bola desviou na defesa e saiu raspando a trave. A resposta da Celemaster foi certeira. Após errar na saída de bola na quadra, a Malgi viu Becha recuperar e servir Dani Fleitas que chutou cruzado rasteiro para empatar. No fim Tiphane finalizou cruzado a direita de Lelê.

Na segunda etapa, as visitantes vieram para cima e Lelê precisou aparecer. Na primeira tentativa de Gabriela, a goleira defendeu e no rebote mais uma vez Lelê apareceu, para fazer um milagre. Pouco depois em contra ataque das visitantes, Ana Clara finalizou forte e Lelê com o peito defendeu.

Polêmica
Lelê voltou a aparecer aos 12 minutos, após defender chute frontal de Becha. Na sequência do lance porém quem apareceu foi a arbitragem. No rebote da goleira a bola pegou em Cota e voltou para Lelê que segurou a bola com as mãos. O árbitro da partida Felipe Nalério Lopes, entendeu como recuo da pivô e marcou tiro livre indireto. Na cobrança Dani Fleitas rolou para Ana Clara que finalizou no canto.

Indignado com a marcação da infração, o técnico Maurício Giusti discutiu com a arbitragem e acabou expulso. A expulsão do treinador fez a Malgi se perder em quadra e as visitantes cresceram na partida.

No minuto seguinte, Becha recebeu dentro da área e foi derrubada por Cota, pênalti. Na cobrança Gabriela bateu e Lelê fez a defesa. No contra ataque a goleira lançou Cota que finalizou para grande defesa de Natália.

Após a chance, Gabriela arrastou a bola pela ala e chutou cruzado, Tiphane desviou e acertou a trave. A resposta da Malgi veio com Evelyn que roubou bola no ataque e finalizou para grande defesa de Alessandra, no rebote Cota finalizou e Dani Fleitas salvou em cima da linha. Pouco depois Cota recebeu lindo passe de Evelyn e tentou encobrir Alessandra, a goleira fez a defesa, no rebote Keka chuta de esquerda e a goleira novamente defende.

No último minuto Ana Clara recebeu na esquerda e finalizou, Lelê tentou defender mas espalmou para dentro. Dando números finais a partida.

Após o confronto, o técnico Maurício Giusti pediu desculpa ao público presente pela expulsão. “Peço desculpas ao torcedor que veio ao ginásio prestigiar. Me descontrolei após um erro grave da arbitragem e prejudiquei a minha equipe. A culpa da derrota é minha. Eu não deveria ter tido aquela atitude e tenho consciência da minha responsabilidade no resultado. O erro grave da arbitragem custou a minha expulsão e um gol delas (Celemaster) e fez com que nos perdecemos na partida”.

Com a derrota, a Malgi foi ultrapassada pela Celemaster na liderança da Liga Gaúcha. As meninas voltam a quadra no próximo sábado, quando vão a Carlos Barbosa enfrentar a ACBF. Antes, na quarta-feira, a Malgi entra em quadra pelo JAP, se empatar com a UFPel/Paulista a Malgi se safra Pentacampeã dos Jogos Abertos de Pelotas.

PRÉ-JOGO: MALGI/CAVG X CELEMASTER

O final de semana promete um jogão no ginásio do Sesi. Neste sábado voltamos a enfrentar a Celemaster após a decisão do Estadual do ano passado. Melhores equipes da Liga Gaúcha, pelotenses e uruguaianenses se enfrentam valendo a liderança da competição.

Marcada para as 20 horas deste sábado, a partida vale a liderança da Liga Gaúcha, uma vez que as equipes estão separadas por apenas dois pontos na classificação. A Malgi lidera com 12, enquanto a Celemaster vem em segundo com 10.

O histórico recente do confronto mostra muita igualdade entre as equipes. Em 2018, foram oito partidas, com quatro vitórias da Celemastee, um empate e três vitórias da Malgi. Duas delas atuando em casa, com destaque para a vitória por 4 a 2 na final da Taça RS que rendeu o título do primeiro turno do Estadual para Malgi.

Para conquistar a quinta vitória na Liga Gaúcha e se manter na parte de cima da tabela, a Malgi/CAVG aposta na força de sua torcida e no fator local. São 27 vitórias nos últimos 29 jogos atuando em Pelotas, 167 gols marcados e apenas 22 sofridos, um aproveitamento de 94,2%..

ARBITRAGEM MALGI

Árbitro Principal: Rômulo Rodeguieiro Rodrigues;
Árbitro Auxiliar: Felipe Nalério Lopes;
Anotador: Rodrigo Carvalho Irigonhé;
Cronometrista: Bruna Da Silva Urrutia.

INGRESSOS

Os ingressos antecipados para a partida custam R$ 10,00 (individual) e R$ 15,00 (duplo), até este sábado e podem ser adquiridos no Profut Esportes Indoor, localizada na Av. Fernando Osório, nº 1970, neste sábado das 10h às 16h. Na hora da partida os ingressos custam R$ 15,00 (individual).

ABRE ASPAS

Maurício Giusti: “Vamos para mais um jogo muito difícil, contra um adversário muito complicado, que proporcionou grandes jogos contra nós na temporada passada. Estamos tranquilos e focados para conseguir fazer uma grande partida dentro de casa. Tenho certeza que será uma grande partida, com duas equipes que gostam de jogar com a bola, proporcionar o jogo. Quem for ao Sesi vai ver um grande espetáculo.”

Cota: “A gente está vindo de um início de temporada bom, os resultados estão sendo bons, estamos trabalhando muito, treinando bastante para manter o ritmo, manter o foco no objetivo principal que é buscar o título. Mas temos que respeitar os adversários, sabemos que todos treinam como a gente e que o jogo vai ser definido ali dentro da quadra. Contamos com o apoio do nosso torcedor para conquistar mais uma vitória”

Dudinha: “Está chegando mais um jogo importante, adversário difícil e a vontade enorme de querer permanecer no topo da tabela. Tenho certeza que estamos prontas para dar o nosso melhor e com ajuda do nosso torcedor, buscar esses três pontos que nos mantém na liderança. Estamos em uma sequência boa de vitórias e temos um histórico de grandes jogos contra elas no ano passado. Sabemos que teremos que entregar tudo na quadra para obter um ótimo resultado e que todo treino e dedicação nos deixam prontas para mais essa batalha.”

ULTIMA PARTIDA

10 de novembro de 2018, jogo de VOLTA da final Estadual 2018, no Ginásio Municipal, em Uruguaiana: Celemaster 3×1 Malgi/CAVG.

RETROSPECTO MALGI2

14 Jogos:
– 10 Vitórias da Celemaster (56 gols)
– 3 Vitórias da Malgi (29 gols)
– 1 Empate

ELENCO 2019

Goleiras: Lelê e Dani Richter;
Fixas: Keka e Bruna Sassone;
Alas: Dudinha, Evelyn, Kerolin, Larissa, Manu, Paola e Renata;
Pivôs: Dani, Cota e Marília.

MAIS TRÊS PONTOS

Seguimos nossa caminhada em busca do pentacampeonato dos Jogos Abertos de Pelotas. Nesta segunda-feira, tivemos um jogo duro diante do Garra Feminina, mas saímos de quadra com mais um vitória, que garantiu a equipe na liderança da competição.

Primeiro tempo truncado
Diferente das partidas anteriores, onde abriu vantagem logo no início, na partida de hoje, a Malgi demorou a furar a defesa adversária. Jogando com praticamente todo o time na quadra de defesa o Garra Feminina se fechou para impedir que a Malgi chegasse ao seu gol.

Sem espaços para entrar na área, as meninas tentavam em chutes de fora da área. Keka em duas oportunidades assustou a goleira Amanda. A insistência da Malgi deu resultado aos 12 minutos. Keka achou Larissa livre na esquerda, a ala ajeitou e finalizou de perna direita, Amanda ainda tocou na bola mas não evitou que a ala marcasse seu oitavo gol na competição.

A vantagem não mudou a postura das equipes, a Malgi seguiu pressionando, e Manu por pouco não ampliou. Na primeira tentativa a ala parou em Amanda e na segunda finalizou raspando o travessão.

A única chance do Garra veio no último minuto do primeiro tempo e foi certeira. Em rápido contra ataque, Alessandra completou passe da direita para o gol de Lelê.

Evelyn desempata
O intervalo só serviu para as equipes mudarem de lado, pois a partida seguiu da mesma maneira, Malgi pressionando e o Garra tentando se defender.

A pressão da Malgi deu resultado aos cinco minutos, quando Evelyn marcou um belo gol. A ala puxou contra ataque pelo meio e serviu Manu, que dividiu com a goleira, no rebote Evelyn deu uma cavada e encobriu a goleira. No minutos seguinte Evelyn apareceu mais uma vez, desta vez para servir Larissa. Manu achou Evelyn na esquerda, a ala de primeira serviu Larissa que finalizou na saída da goleira para marcar o nono gol dela em cinco jogos na competição.

Destaque da partida, Evelyn apareceu novamente, mas dessa vez para dar um susto na torcida da Malgi. A ala errou na saída de bola e entrou a bola no pé da jogadora do Garra Feminina, Lelê saiu bem do gol e fez grande defesa para evitar o segundo gol. No fim, o Garra ainda tentou diminuir em chutes de longa distância, mas Dani Richter bem posicionada defendeu.

Com a vitória, a Malgi mantém sua invencibilidade na competição e chega a 27ª partida sem derrotas no JAP. No próximo dia 26 as meninas voltam a quadra para enfrentar a UFPel/Paulista precisando de apenas um empate para garantir o título antecipado.

Antes, as comandadas de Maurício Giusti tem duelo decisivo plea Liga Gaúcha. No sábado (22), a Malgi recebe a Celemaster no ginásio do Sesi.

#SejaSócio #JogueJunto